Fox faz oferta por Bandsports, que pode exibir Libertadores

Postado em Atualizado em

O Grupo Fox, do bilionário australiano Rupert Murdoch, fez uma oferta pelo canal de esportes Bandsports.

Se concretizado o negócio, o Bandsports pode, ao lado do Fox Sports, exibir as partidas da Libertadores, que começa no próximo dia 6.

Isso porque o Fox Sports -com estreia marcada para dia 5, véspera do início do campeonato- é a única emissora fechada com direitos para exibir a Libertadores-2012.

Na TV aberta, a Globo só pode exibir duas partidas do campeonato por semana.

Como serão seis times brasileiros na competição, há apenas duas formas de garantir que os jogos de times nacionais sejam exibidos na televisão brasileira. Ou a Fox concretiza a compra da Bandsports ou se acerta com empresas de TV por assinatura.

Net e Sky estariam dificultando a entrada do novo canal na grade de seus pacotes.

Procurada, a Fox se recusou a comentar o assunto. Por meio de sua assessoria, a Band negou a venda, mas admitiu “reuniões com a Fox para projetos de parceria e a possibilidade de [o Grupo Band] produzir conteúdo para os canais Fox”.

Não há detalhes sobre o valor do negócio.

A reportagem apurou que a Fox quer manter o nome e a estrutura da Bandsports, a princípio.

A iminente aquisição pode ser uma resposta do Grupo Fox às maiores operadoras de distribuição de canais, Net e Sky, que querem cobrar uma taxa extra de seus assinantes para que tenham acesso ao canal. A Libertadores é anunciada como o grande atrativo do novo canal.

Como nunca exibiu conteúdo esportivo no Brasil, a Fox repassava os direitos da Libertadores para a Globo e a Globosat.

Agora no país, o grupo exerceu a exclusividade e só o canal Fox Sports exibiria a Libertadores (e a Sul-Americana) na TV paga.

Com isso, o grupo estrangeiro tirou valioso conteúdo dos canais Sportv, que pertencem à Globosat.

O principal executivo da Fox Channels, Hernan Lopez, disse ao “F5”, em dezembro, que não havia interesse em “brigar” com a Globosat.

A briga, porém, ocorreu com as operadoras, por causa da cobrança de taxa extra, embora o conteúdo do canal tenha sido oferecido a elas gratuitamente até para os pacotes mais básicos.

Nem mesmo os assinantes do canal Speed, que terá seu sinal substituído pelo do Fox Sports, teriam o novo canal garantido, pois as operadoras alegam que a troca tem custo operacional.

Ameaçado de não ter distribuição, de custar um extra para assinantes e de quase não ter divulgação em sua estreia no país, o novo Fox Sports e a própria Libertadores já corriam risco de se transformar em eventos “fantasmas” na TV paga.

A virtual compra ou “sociedade” com a Band e a cessão dos jogos da Libertadores para o Bandsports (apenas na TV paga, pois a Globo segue com os direitos na TV aberta) pode ser um recado da Fox às operadoras e à própria Globosat: ela veio com US$ 200 milhões para brigar.

Por: Folha.com

Clique aqui no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s