Andrés Sanchez sofre nova pressão para trocar candidato, mas resiste

Postado em

Em recente reunião de seu grupo político, Andrés Sanchez foi pressionado como nunca a trocar Mário Gobbi por Roberto de Andrade como candidato à presidência do Corinthians, em fevereiro. Desafetos do cartola e delegado alegam que sua rejeição no Parque São Jorge pode colocar em risco a vitória, canta em verso e prosa por muitos na chapa.

Andrés alegou que precisa honrar sua palavra. Seria um vexame perante os eleitores promover a troca após bancar Gobbi, segundo participantes do encontro. Quem esteve lá assegura também que Andrade, presidente em exercício, não viu a ideia com bons olhos.

A mudança, em tese, seria boa para Andrés. Andrade parece mais disposto a seguir as orientações do ex-presidente. Até pela natureza de sua profissão, Gobbi não será facilmente domesticado pelo diretor da CBF.

A oposição dá pulos de alegria e vê a concorrência rachada. Alega que uma pesquisa encomendada pela situação aponta Paulo Garcia na liderança das intenções de voto com 8% de vantagem sobre Gobbi. A situação nega a enquete, rola de rir e afirma que seu candidato tem 80% da preferência dos associados.

Fonte: Blog do Perrone (UOL)

Clique aqui no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s