Desde o final de janeiro de 2012, a Fox Latin American Channels vem dando um exemplo, uma verdadeira aula de estratégia de marketing para nós, brasileiros.

Postado em Atualizado em

Depois de ter montado seu produto, o Fox Sports, canal que é líder no segmento esportivo na América Latina, a programadora vem investindo maciçamente em marketing, com campanhas off-line, online e integradas. Todo mundo já conhece o Fox Sports, sabe que ele tem a Copa Santander Libertadores com exclusividade, que irá transmitir todos os jogos, e os consumidores querem assistir seus times na copa mais importante do continente.

Um noticiário divulgou que o Fox Sports estaria sendo negociado pelo valor de R$ 1,50 por assinante para figurar no pacote básico das operadoras. O noticiário afirmava, ainda, que as operadoras teriam que aumentar o preço dos seus pacotes básicos. Também não consta na matéria qual é o valor do canal Speed, que as operadoras deixarão de transmitir, e pagar.

Este mesmo noticiário não divulgou, no que parece ser um gesto de idoneidade duvidosa, o preço pago aos canais SporTV pelas operadoras. Saiba você que o canal SporTV 1 transmite menos de um jogo por rodada de todos os seus campeonatos regionais. O SporTV 2 transmite, principalmente, reprises e alguns jogos ao vivo de outras modalidades. Numa tentativa desesperada de barrar o Fox Sports, a Globosat lança o SporTV 3 com 100% de programação reprisada. No entanto, as operadoras incluíram o terceiro canal SporTV em seus cardápios rapidamente.

A Bandeirantes que, há alguns anos, lançou dois canais concorrentes da Globo (Band News e Band Sports) pagou um preço muito alto: até pouco tempo atrás, seus canais estavam disponíveis apenas para os pacotes mais caros ou através da modalidade à la carte de compra individual. Hoje, tudo mudou, a Internet está em todo lugar e os consumidores têm muito mais poder em suas mãos.

Com a falta dos canais Fox Sports e Fox Sports HD nos cardápios das grandes operadoras, os consumidores estão se voltando para a Internet, onde realmente tudo “é agora”. Descobriram que existem sites que transmitem o Fox Sports Latino – de forma legal e ilegal. Os consumidores não ficarão sem ver seus times na Copa Santander Libertadores.

Gastam-se milhões de reais por ano para combater a pirataria dos sistemas de TV por assinatura, mas recusam-se a pagar R$ 1,50 por assinante para transmitirem uma programação que o consumidor quer ver. Deixam seus consumidores à deriva, buscando sites de pirataria de TV na Internet.

Será que o canal Fox Sports está caro, frente ao número de consumidores que está buscando pirataria na Internet para assistir à Copa Santander Libertadores? Será que o canal SporTV 3 custa menos de R$ 1,50 por assinante?

Parabéns a todos os envolvidos nas negociações.

TV Magazine

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s