Presidente da FFMS disse estar tranquilo sobre acusações

Postado em Atualizado em

Francisco Cezário ocupa o comando da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul desde a década de 80

O presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) Francisco Cezário, disse estar tranquilo em relação às acusações feitas pelo presidente do Operário Futebol Clube, Antônio Videira, que desencadeou o pedido de afastamento dele e do vice-presidente frente a federação, pelo Ministério Público Estadual (MPE).

De acordo com o jornal Diário MS desta terça-feira (20), Cezário disse que espera a notificação da Justiça para poder apresentar defesa. Ainda segundo o material, o atual mandatário do futebol local afirmou que o MS Saad, time que disputa a primeira divisão estadual e um dos motivos pela ação, está totalmente regular perante a federação.

Além de Francisco Cezário, o vice-presidente da FFMS Marco Antônio Tavares foi citado no processo do MPE.

Entenda o Caso

Em maio do ano passado, o presidente do Operário de Campo Grande ingressou com uma denúncia no MPE, afirmando irregularidades em duas equipes da primeira divisão do futebol estadual. A primeira, era de que jogadores do Rio Verde, time do município de Rio Verde de Mato Grosso estavam atuando no Campeoanto Sul-mato-grossense de maneira irregulares.

De acordo com o processo, 12 jogadores da equipe do interior não constavam como registrados junto a FFMS, nem à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e também não apareciam no Boletim Informativo Diário (BID).

Ao saber do problema, o presidente do Operário, Antônio Videira, formulou a denúncia, se basenado de que se os atletas não são registrados e não recolheram taxas, eles não existiam, portanto, não deveriam atuar em campo.

O Rio Verde seguiu na competição e caiu para a segunda divisão juntamente com o Operário, pelo grupo B do estadual do ano passado.

A outra denúncia contida no mesmo processo, alega que o Saad Esporte Clube (MS Saad), estaria atuando no Estado, mesmo estando filiado a Federação Paulista de Futebol (FPF).

O time com sede em Campo Grande, foi fundado em Lindóia, interior paulista e após uma Assembléia entre os conselheiros, decidiram realizar a mudança para a capital do Mato Grosso do Sul em 2008.

Em 2009, o MS Saad disputou o primeiro campeonato estadual da segunda divisão e acabou subindo no mesmo ano, vindo a disputar os cameponatos de 2010, 2011 e agora o de 2012.

Porém, com a decisão do MPE, pede além do afastamento dos dois cartolas da federação, que o time da capital seja suspenso da competição imediatamente. No caso do Rio Verde, a decisão é de que a federação comece a fiscalizar todas as equipes para coibir esses tipos de irregularidades.

Diário MS

Leia também:

Com ação contra FFMS, Operário espera voltar à elite do Estadual em 2013

MP impetra ação contra dirigentes e clubes de futebol do campeonato estadual

DE QUEM É A CULPA POR LESAR O TELESPECTADOR? Continue votando na enquete ao lado >>>>

Blog do Alex Carvalho para “CURTIR” no Facebook

Siga o Blog do Alex Carvalho no Twitter

Anúncios

Um comentário em “Presidente da FFMS disse estar tranquilo sobre acusações

    Antonio Roberto disse:
    15/04/2012 às 1:17 PM

    Embora nâo tendo nem um conhecimento destes fatos, creio sim na inocencia do Sr presidente da Federaçâo de Futebol de MS. Só acho que ja está na hóra de trocar o presidente da tâo conceituada entidade nâo ácham?. Fui Operariano mai de 30 anos,mas depois das ipocresias de alguns dirigentes deste tâo amdo club,abandonei o cargo de torcedor. Espero que acabem com estas lambansas, e daí serei o fiél torcedor que fui até entâo. Obrigado.
    Antonio Roberto,Campo Grande MS. ( 0..925608328 )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s